Central de Atendimento

Quem Somos

Com uma variedade de mais de 10 mil ítens distribuídos em suas 12 lojas físicas e uma loja virtual, há quase 20 anos, a Econômica é referência em qualidade e preço justo em produtos funcionais e que facilitam o dia a dia.

Desde a inauguração da sua primeira loja em 1996 com a abertura de uma unidade na Rua Dom José de Barros, no centro de São Paulo, o empresário e diretor Nelson Dib Junior, garante que essa é a primeira loja de R$ 1,99 de São Paulo.

Nesta época, ele estava com 21 anos.”Sou descendente de árabes e sempre gostei de comércio. Visitei o modelo de loja em Curitiba e me interessei pelo mercado."

Sem saber, o jovem empreendedor que na adolescência vendia suas mercadorias em bancas na 25 de março, começava a escrever a história de sucesso das lojas Econômica.

Na metade dos anos de 1990, a estabilidade da recente moeda brasileira (real) fez surgir uma onda de consumo em lojas de preço fechado, na época “famosas” em vender qualquer peça por  R$ 1,99.

De acordo com Junior, diretor comercial das lojas Econômica, o perfil do comerciante mudou, depois de enfrentar grandes desafios.

O primeiro foi a desvalorização do real em 1999, quando o dólar chegou a R$ 4,00 e muitas lojas fecharam as portas. Em meio a crise, o lojista teve que recorrer ás industrias nacionais e os importadores trouxeram produtos mais caros.

Neste vácuo deixado pelo produto importado, algumas empresas nacionais reduziram seus custos e conseguiram vender barato.

Os potes de plástico para uso na cozinha-sucesso de vendas neste modelo de negócio, hoje são majoritariamente nacionais.

Esta movimentação trouxe o segundo desafio: alterar a estrutura de preços nas lojas, daquele momento em diante, os itens seriam vendidos a partir de R$ 1,99, implicando em novo conceito de lojas de variedades de R$ 1,99.

Uma outra consequência com o fim dos preços fechados foi a dificuldades dos pequenos comerciantes com a contabilidade e a administração dos estoques.

Neste cenário, surgem as primeiras “redes” de lojas com produtos populares.

Hoje, a companhia emprega 160 pessoas com vínculo direto. e mantém seu CD  localizado em São Paulo, abastecendo todas as suas filiais.

A maior loja da rede está no bairro da Freguesia do Ó onde encontra-se uma variedade de produtos diferenciados nos 600 metros quadrados.

Seu fundador, afirma que 60 % do faturamento da rede hoje é obtido com produtos nacionais e 40% com importados.

Garantindo não abrir mão de seus valores históricos de quase 2 décadas de atuação no varejo, Nelson Dib Júnior revela um dos segredos das Lojas Econômica: “Enquanto uma pequena loja compra 100 potes, nós compramos caminhão fechado com 100 mil unidades”.  

A equipe Econômica, convida você a conhecer nossa loja virtual e uma de nossas 12 unidades, para conferir e comprovar nossos preços e qualidade. Será um prazer, te atender!